Visita a REAL GRANDEZA Brasil

REAL GRANDEZA (Fundação de Providência e Assistencia Social do Brasil) RECEBE REPRESENTANTES DA CAIXA DE PROTEÇÃO SOCIAL DO MINISTÉRIO DO INTERIOR DE ANGOLA

Da esquerda para a direita: Roberto Ricardo Soares, José Alexandre, Roberto Panisset, Wilson Neves, Silvia Sango Cambole, Françony de Almeida Ucuassapi, Teresa Sotto Mayor, Horácio de Oliveira e Sandra Montenegro.

A Real Grandeza recebeu no dia 30 de junho de 2016 a visita de dirigentes da Caixa de Protecção Social do Ministério do Interior (CPS/MININT) de Angola, instituição de previdência e assistência. O encontro teve o objetivo de estabelecer um intercâmbio de conhecimento e experiências sobre os mais variados aspectos relacionados ao funcionamento das entidades de previdência complementar no Brasil.

A Caixa de Proteção Social de Angola destina-se aos efetivos do regime especial de carreiras e seus familiares e visa garantir os direitos adquiridos dos funcionários do regime especial das carreiras dos ramos do Ministério do Interior, como a Polícia Nacional, o Serviço de Migração e Estrangeiros, Serviços Prisionais e Serviço de Bombeiros.

No encontro, o diretor- Ouvidor, Horácio de Oliveira, representando o diretor-presidente, Aristides Leite França, deu as boas- vindas aos representantes do CPS e fez um relato sobre a história da Real Grandeza, e de suas patrocinadoras Furnas e Eletronuclear, destacando a importância de contar com um plano de previdência complementar como ferramenta para garantir a tranquilidade dos empregados.

Em seguida, o assessor da presidência, Roberto Ricardo, acompanhado dos técnicos da área de saúde, investimentos e previdência, apresentou os aspectos institucionais da Real Grandeza, sua governança e sobre os benefícios que a entidade oferece a seus filiados, em termos previdenciários, de assistência à saúde e de empréstimo pessoal.

De acordo com o Diretor-geral do fundo de Angola, Comissário José Alexandre Manuel Canelas, a instituição de previdência e assistência de Angola passa por um processo de melhoria de desempenho e a visita à Real Grandeza foi uma excelente oportunidade de conhecer a estrutura e o funcionamento do fundo e de seu quadro técnico qualificado. “Precisamos qualificar o nosso quadro técnico porque temos muitos desafios pela frente para desenvolver o nosso fundo e ter uma sustentabilidade para garantir aos nossos assegurados um futuro tranquilo. Espero estreitar as relações com a Real Grandeza no futuro”, concluiu José Alexandre.

Ao final da apresentação, a equipe técnica da comitiva de Angola, formada pelos representantes da área jurídica, Sandra Montenegro; do gabinete de Estudos e Orientação, Françony de Almeida Ucuassapi; do departamento de Proteção Social, Teresa Sotto Mayor; e do Departamento de Finanças, Silvia Sango Cambole, teve a oportunidade de discutir e esclarecer dúvidas junto aos membros da diretoria e dos técnicos da entidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.